A SENTENÇA AINDA NÃO É FIRME

Lula da Silva, condenado a nove anos de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro

Lula da Silva, condenado a nove anos de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro
Lula Da Silva
Lula Da Silva  

Ele encabeçava os inquéritos para ganhar as eleições agendadas no Brasil para 2018. É condenado a prisão ao mesmo tempo que o poder judicial tem no alvo o atual presidente, Michel Temer, também acusado de corrupção.


Dilma Rousseff destituida por um impeachment. Michel Temer pesquisado. E agora Lula da Silva, o líder histórico do Partido dos Trabalhadores e referente da esquerda latino-americana, condenado a nove anos de prisão. Assim está a política brasileira, abalada fortemente pelo fenómeno da corrupção e pelo intervencionismo do poder judicial sobre os assuntos públicos.

 

Quem condena Lula da Silva é o juiz federal Sérgio Moro, quem lhe imputa cargos por corrupção e lavagem de dinheiro.

 

Para o líder político ter de ingressar na prisão, a sentença teria de ser confirmada em segunda instância pelo TRF (Tribunal Regional Federal), em cujo caso ficaria ineligível para as eleições de 2018.

 

Os cargos que pesam contra ele são que desviou dinheiro da petroleira pública Petrobras para a compra e reforma duma morada, um triplex. Lula sempre tem negado as acusações. O petista lidera as sondagens para 2018, com entre 29 e 30 por cento dos apoios.



x