MUITO FORTE ABSTENÇÃO

O PS retém a sua maioria absoluta na assembleia legislativa dos Açores

O PS retém a sua maioria absoluta na assembleia legislativa dos Açores
Vasco Cordeiro, o líder do PS dos Açores
Vasco Cordeiro, o líder do PS dos Açores  

Os resultados finais das eleições nos Açores foram para o PS pior do que as projeções da sondagem a pê de urna. O partido socialista retém a maioria absoluta, mais perde um escano a respeito de 2012. Bloco e PCP melhoram resultados em percentagem de voto.


A sondagem outorgava ao PS entre o 50 e o 55 por cento, mais finalmente conseguiu um 46,43 por cento, tres pontos e um escano menos do que em 2012.

O resultado final foi o seguinte:

PS. 46,43 por cento. 30 escanos (1 menos)

PSD. 30,89 por cento. 20 escanos (igual, mais com menos percentagem de voto que em 2012, naquela altura teve o 33, 01 por cento).

CDS. 7,2 por cento. 4 escanos (sobe 1 e também em percentagem de voto, 5,67 por cento em 2012).

Bloco de Esquerda. 3,7 por cento. 2 escanos (sobe 1 e também em percentagem de voto, 2,25 por cento em 2012).

CDU (PCP + Os Verdes). 2,6 por cento. 1 escanos (igual do que em 2012, embora com mais percentagem de voto, 1,90 por cento em 2012).

A abstenção bateu o seu récord histórico, ao se situar no 59,16 por cento.