Xohana Torres e Lola

No mes de março do passado ano, na recepção que a Cámara Municipal de Compostela deu á Irmandade dos Vinhos Galegos com motivo dos seus vintecinco anos de vida, eu felicitava ao Alcalde por ter resucitado o Premio Xohana Torres, que tanto gratuita como estupidamente havia sido...

Floreiras

Assim, em femenino, define o Dicionario da Lingua portuguesa, Porto Editora (que é o que eu emprego) “o vaso onde se colocam flores”. Estes días nos noticieros desfiarom bom número de esta “floreiras”, mulheres inútiles, sem outro objecto  que o de adornar...

Parece que lhes doe

A desaparição na web da Casa Branca USA do idioma castelhano, ao parecer ja reposto, ocasionou moitedume de protestos em todos os estamentos espanhois; sim, espanhois, incluidos os estamentos espanhois na Galiza, políticos e culturais. Objecto de críticas e reclamações por...

Perdas

Consequencias da idade é que cada ano traze novas perdas que ja não compensas com os achádegos que a vida no seu percurso nos depara. Na minha idade prefiro não fazer reconto anual no que me levarom os doze meses anteriores, pois só obtenho xenreira e tristura. No finado ano...

Seguimos, comandante

Sou profundamente demócrata e defensor dos direitos humanos, não gosto de dictaduras de esquerdas e muito menos de direitas, mas do mesmo jeito que não existem verdades absolutas tampouco as circunstancias de cada pais podem excluirse da analise política. Nengum país vive a...

Análise jocosa

Com o empuxe da direita carpetovetónica de sempre, a ajuda da direita emergente e impredecivel e a colaboração da difuminada socialdemocracia (todos os epítetos mais proximos a esta ja forom empregados polo Sr. Rufián   no Congreso) sacarom adiante o novo governo,...

Longa noite… de pedra

Que no melhor dos escenarios vai durar quatro anos. Por isso a noite do 25.09 não era noite para rir nem para um sorriso, era negra noite para chorar. tanto porque nos agarda mais do mesmo (pior é dificil... bom, até pode ser, aí temos a degradação que se fai do idioma que...

Rede e lazo

Nao sou sospeitoso de filias isralies nem de crenzas religiosas, mas como home de curiosidade cultural li algum dia e en alguma parte que um profeta ou sacerdote, ou algo assim, judeo chamado por acaso Josué, nos tempos da conquista de Roma, no remate da sua vida exortava ao povo israelí contra...

Os pactos

É como um andacio, como uma febre, o reiterado comentario sobre posibilidades de acadar um governo, nado, naturalmente, de eventuais pactos entre diversos partidos políticos, já que nengum acadou uma maioria. O inexplicável (ou talvez sim) "sorpaso" do PP deixou muito...

Vivan las cadenas!

Viva a Lei Mordaza, viva a precarização dos direitos laborais, viva  a limitação dos direitos sociais, da sanidade, da escola, viva o empobrecemento; roubar é bom, prevaricar até é aconselhavel, espiar intimidades alheias para fundir ao enemigo político...

Refundação?

A XV Assembleia do BNG evidenciou que o nacionalismo segue vivo e tambem o BNG. Mas eu advertim que continuamos com os mesmos defectos de forma e trato que vimos arrastrando desde o inicio. Penso que nos falta a cortesia e cordialidade propias da burguesia. Considerei descortés que o Portavoz nacional...

Consideração a Goretti Sanmartín

Hoje mesmo lia no Faro de Vigo uma noticia sobre a próxima Assembleia do Bloco na que se recolhiam umas manifestações tuas das que discrepo. Antes de continuar reconhezo que não sempre os jornalistas recolhem as opiniões com a correcção devida e neste caso o que...

Certezas

Há mais de cuarenta anos a UPG editou, e repartiu, um cartaz que reproduzia o retrato que a Castelao fizera Maside e que desde aquela preside meu escritorio. O cartaz tem uma lenda do proprio Castelao: “Petar na alma do pobo até producir um estado de opinión revolucionaria”....

Insídias

Recorrentememte airéase o boato da carga negativa da UPG dentro do BNG.

Resistir

Na noite do 20D reconforva-me um poema do grande poeta portugués Manuel Alegre, que rematava dicindo : “mesmo na noite mais triste/ em tempo de servidão/ há sempre alguém que resiste/ há sempre alguém que diz não”.

O voto inútil

As enquisas som adversas. Não temos cancha nos medios informativos.

Cinismo

Imposivel comentar, e menos contestar ou apostilhar, as declarações de municipes elegidos ou proclamados nos recentes comicios. Por acima de todas uma despertou meu nojo por sarcástica e hipócrita. 

O PP agora rouba-nos o Registo Civil

O Registo Civil foi até agora, e dende a sua implantação, um registo público, dependente da Administração de Justiça, para facer constar oficialmente os feitos, actos ou circunstancias referidas ao estado civil das pessoas (identificação, nascimento, defunção, filiação, sexo, nacionalidade, adopção, matrimonio, etc.); registo único (integrado polos Registos municipais) e público no que as inscripções tenhem plena eficacia provatoria, polo que os dados relativos ao estado civil (úteis para a vida social e pública, relações sociais, entorno familiar, censo eleitoral...) debem ser recolhidos de jeito fidedigno e custodiados em arquivos oficiais.

Tambem as torturas físicas

Sintomático resulta que a "Fundación Abogacia Española", do "Consejo General de la Abogacia Española", no seu I Congresso Anual de Direitos humanos aborde de jeito monotemático o referente á prevenção dos maus tratos e da tortura e que apresente a publicação, editada pola Fundação, "Guia Practica para la abogacia" de actuação fronte as torturas, maus tratos inhumanos ou degradantes.