Opinións de
Ramiro Vidal
   

Hogar Social Madrid: non quero a tua axuda infame

Entereime onte de que Hogar Social Madrid comezou unha campaña de recollida de fundos para “axudar a Galiza”...circula por aí un anuncio cunha conta bancaria (e direi o nome da entidade; Banco Sabadell) na que os doantes ingresarian os cartos a aportar, que irian destinados a “axuda...

A Espanha bourbônica ve cair o pano

Lembro um 25 de Julho no que, trás o almoço no Campus Sul de Compostela, numha daquelas jornadas reivindicativas nos tempos nos que eu militava em NÓS-UP, ter assistido a umha disertaçom do Iñaki Gil San Vicente sobre o direito de autodeterminaçom. Este direito, contava...

A criminalizaçom da democracia

Quê tempos estes, da postmodernidade passada de voltas, nos que a linguagem se reinventa e os conceitos também. Quê é democracia e quê é ditadura? Nos tempos que correm um mandatário democraticamente eleito pode ser um ditador, se a CIA ou o Financial Times o...

Espanha e Venezuela: a comparativa que ninguém fai

Todo o mundo sabe que na Venezuela há umha democracia multipartidista, na que qualquer força política pode concorrer aos processos eleitorais; todo o mundo sabe que o PSUV, o partido fundado por Chávez, perdeu as eleiçons legislativas e todo o mundo sabe que na Venezuela há...

Carvalho Calero, três finais hipotéticos e umha certeza

Carvalho Calero leva vários anos sendo “candidato-isca” na RAG para lhe ser dedicado o Dia das Letras Galegas; naturalmente aconteceu o que tinha que acontecer... ou o que estava calculado que acontecesse. Que de novo a decisom da RAG nom favoreceu a candidatura de Carvalho Calero e sim a...

Por um projeto social para a língua

Este artigo nom quer continuar pola senda das lamentaçons e os golpes de peito, nem se vai recriar nas cifras trágicas que já todos conhecemos sobre a deserçom da língua do mesmo povo que a criou. A minha última adessom a umha iniciativa de corte lingüístico foi...

A finca do Maxi: umha pontualizaçom e várias perguntas

Em datas recentes, a entidade que presido, Santa Cruz Aberta ao Mar , publicou um comunicado criticando o facto de que o Presidente da Câmara Municipal de Oleiros, Ángel García Seoane, chamasse aos corunheses a mobilizar-se polos terrenos da Solana, que a Autoridade Portuária pretende...

E agora, sem direito a voto

Ser discapazitado é umha situaçom às vezes contraditória, e ter um grao baixo de discapazidade é às vezes complicado polo limbo de incertezas no que tem um que viver. Um pode ser discapazitado físico, inteletual ou sensorial...mas há casos especialmente...

O discurso liberal sobre a liberdade

Morreu o último grande ditador, dim alguns referindo-se a Fidel Castro , suponho que equiparando-o com Stroessner, Videla, Trujillo, Duvalier ou Pinochet, e até com Franco . Muito atrevimento me parece fazer essa táboa rassa, como se a história fosse um facto líquido e...

Incautas

O discurso nom é nada novo, de facto é tam antigo como me alcança a memória e a memória dos meus antergos vivos. Há que ter atençom, nom se pode ser incauta. Que os homens, já se sabe, nom o podem evitar...de natural som depredadores e em determinadas...

Sobre as mangas de Piqué

A Espanha tem atualmente no desporto umha das canles fundamentais para legitimar os seus símbolos. Graças aos logros desportivos das equipas, seleçons e individualidades espanholas, o estado espanhol conseguiu fazer simpática para a juventude a bandeira rojigualda , umha cousa que...

Um chamado à rebeliom

Há bastantes anos já que decidim que o caminho reintegracionista era o correto e intento ser coerente com essa conclusom. Nom sempre é fácil. O voluntarismo e a resistência titánica também tenhem limites com umha realidade que gira quase sempre em sentido inverso. Se...

A memória, esse capital simbólico

Num debate na canle de ámbito autonómico V Televisión Diego Gago, atual Presidente de Novas Xeracións de Galicia dixo umha cousa que nom pode aceitar nengumha pessoa que se mova numha órbita anti-fascista e democrática. Algo assim como que, a respeito da repressom fascista,...

Andrés Bódalo nom é cool

Ser de esquerdas está bem, se és jovem, atraente, fotogénico, e tens estilo. Se realizas algumha atividade artística, fas alarde dos teus gostos culturais refinados e seletivos e és umha pessoa culta e estudada. Ser de esquerdas está bem, num bar de copas dos preferidos...

Defender a Cuba

Defender a Cuba é complicado, num país onde a populaçom está educada no ódio contra-revolucionário. Todos os dias escuitamos o mantra de que em Cuba há umha ditadura, e cada vez que se nomea a Cuba há que apostilhar que Cuba é “esse país...

Galiza, o território, e o poder local

As deputaçons provinciais voltam estar na tona do debate político no estado espanhol. Nesse acordo de investidura entre PSOE e Ciudadanos (movimentos tácticos trás as eleiçons às cortes espanholas) parece que se chegou ao consenso de que numha futura reforma institucional...

Nom te chames de guerrilheiro

O termo “guerrilla” aparece pola primeira vez na “Guerra da Independência” espanhola, para denominar um método de luita, a “guerra de guerrilhas”.

Um ano sem Jimmy

Em datas recentes cumpriu-se um ano do assassinato de Jimmy, um membro dos Riazor Blues

O clamor popular contra as touradas

Galiza nom é taurina. Nom gostamos das touradas nem dos festejos taurinos. A frágil tradiçom de touradas que existia na Galiza esmoreceu e nom se dá recuperado.

A minha criança fala em galego

A minha criança é umha excelente estudante, obtivo umhas magníficas qualificaçons ao final do periodo acadêmico, e agora toca-lhe disfrutar do verao...quê melhor que premiá-la inscrevendo-a num acampamento desportivo, por exemplo?

O que nom se conta do referendo grego

A Grécia celebrou um referendo no dia 5 de Julho, no que se votou, ou isso nos contam desde a versom oficial, se se aceitavam as condiçons de pagamento da dívida grega e o plano de austeridade proposto pola UE, ou se polo contrário se rejeitavam. Nom fica demasiado claro em quê termos se desglossa tal plano de austeridade, nem fica claro também em quê consistia a contraproposta defendida polo governo heleno (formado polo Syriza e o ANEL)

Retornando a Gaza

Nesta segunda feira retornei a Gaza. De quando em vez, fago-o. Fazemo-lo. De quando em vez as pessoas solidárias de todo o mundo som palestinianas a retornar a Gaza. Chegamos por mar, depois de umha longa travessia, ou por terra atravessando infames check-points.

Quê foi do rock and roll? (polo regresso do Planeta Furancho)

Lembro-me que em certa ocasiom um prestigioso músico corunhês escrevera em La Voz de Galicia um artigo queixando-se do trato “de favor” que recebia o rock bravú, da atençom sobredimensionada que se lhe concedia na mídia, sementando pérolas tais como que as bandas bravús eram “mimadas” polas cámaras municipais, que se lhes subvencionava, se lhes ajudava a organizar concertos e outras afirmaçons que eram falsas de plano.

Todo termina mal

Há um poema do mestre Carvalho Calero que leva esse título.

O mar cantaruja umha velha cançom

Estou no passeio marítimo de Santa Cruz, numha fria manhá de inverno. Realmente, a qualquer hora do dia, em qualquer época do ano e com qualquer situaçom climática, é impagável o espetáculo do mar a lamber a nossa costa.

x