Nós-UP convoca a un Día da Pátria de combate "a Espanha, a UE e o FMI"

Nós-UP convoca a un Día da Pátria de combate "a Espanha, a UE e o FMI"
Afirmam que "numha época marcada pola crise sistémica, nom corresponde alimentar timoratismos nem discursos mornos ou conciliadores"

NÓS-UP convoca para as 12:30 horas na Alamenda de Compostela a manifestaçom do Día da Patria, o 25 de Julho. Para a Direçom Nacional a convocatória responde "à clareza com que a nossa corrente política sempre se desenvolveu, evitando qualquer confusom ou engano ao nosso povo".

Nesta linha, indican que "umha época marcada pola crise sistémica, nom corresponde alimentar timoratismos nem discursos mornos ou conciliadores. É tempo de luita e combate polos nossos sonhos de liberdade nacional, de revoluçom social e pola emancipaçom de género"

Insistem em que “NÓS-UP nom arria bandeiras nem claudica”, acrescentando que “nom vamos contribuir para o desaermamento político e ideológico do movimento popular”. A esquerda independentista que NÓS-UP representa nom vai, apuntam, integrar-se na lógica da docilidade burguesa, nem vai participar em manobras oportunistas e fraudulentas como as que estám a acontecer nas últimas semanas diante de todos e todas nós.