Veto de Pedro Sanchez a Pablo Iglesias

Não saio do meu assombro polas declarações de Pedro Sánchez a respeito do veto que lhe impôs a Pablo Iglesias para chegar a uma coligação de governo entre as  formações do PSOE e de Unidas Podemos, nas que, entre outras cousas, verteu acusações de grosso calibre contra quem pretende que seja o seu sócio de...

Anova, rara avis

Anova é uma rara avis, um caso singular, no panorama nacionalista periférico espanhol e quiçá também a nível internacional. Em Marea, na que estava integrada ANOVA, atualmente em fase de clarificação, apresenta-se dividida em duas obediências, a villarista, na que desembocaram a maior parte das hostes da formação e...

Carvalho Calero, adail do reintegracionismo

Alguns vínhamos denunciando cada ano uma situação que considerávamos anômala, como é o feito de que o insigne proefessor Ricardo Carvalho Calero vinha sendo postergado indevidamente como a personagem elegida para ser homenageado o Dia das Letras Galega, que podia dever-se a uma espécie de censura tácita cara ao...

Golpe de Estado independentista

Toda comunidade, seja democrática ou autoritária, rege-se por umas normas jurídicas, quer legislativas quer consuetudinárias, que constituem o seu estado de direito, e sem o qual a sociedade não pode funcionar. Este estado de direito existiu em todas as sociedades anteriores, mas agora alguns querem...

Os três ginetes do 155 seguem a cavalgar

Faz tempo que venho dizendo que Espanha não negocia nem negociou nunca os problemas territoriais, como o demonstra o feito de que todas as suas colônias tiveram que recorrer à violência para independer-se. É certo que durante a transição democrática se chegou a acordos premidos por umas circunstâncias muito...

Fracasso do hibridismo

Já criticamos no seu momento as operações de mistura de projetos políticos que originariamente não compartiam o mesmo modelo de estado, ou seja, a maridagem de projetos nacionalistas galegos com projetos nacionalistas espanhóis. Este foi um erro persistente no nacionalismo e galeguismo do nosso país desde a...

A eutanásia

A palavra eutanásia deriva de dous vocábulos gregos: eu, que significa bem, bom, e thanatos, que significa morte. Portanto, o vocábulo completo significaria boa morte ou bem morrer, uma morte aprazível, tranqüila, digna, diríamos hoje. Trata-se duma situação relacionada com a morte e na que o paciente sofre uma...

Espanha deve pedir perdão?

Os conflitos com Latino-América sucedem-se periodicamente. Os da minha idade podem lembrar-se bem da enorme gafe diplomática do embaixador espanhol na Habana, Juan Pablo de Lojendio, marquês de Vellisca, que, considerando que todo é ourego, se apresentou nos estudos da Televisão cubana para repreender pessoalmente...

Bravo por Greta Thunberg!

Grandes iniciativas ficam se desativadas se não surge um ou uma líder que aglutine as vozes dispersas e lhe dê o eco que precisam para calar na opinião pública e converter-se num movimento de massas, único jeito de incidir nas consciências e propiciar um câmbio de tendência no organismo social.   A...

Misogínia, misossexualidade e misocósmia

Em solidariedade com a luta pola igualdade das mulheres   Assistimos nos nossos dias a uma cerimônia da confusão e de impotência na igreja, incapaz de reagir perante o enorme mal-estar das mulheres pola sua situação de inferioridade, subordinação e violência que padecem frente ao sexo masculino. Esta...

O cristianismo destruiu a ética

O cristianismo em Espanha não só pretende que o seu sistema de valores morais prevaleça, senão que pretende que seja o único sistema de valores vigorante na sociedade, pretensão a todas as luzes inadmissível se temos em conta que qualquer religião não deixa de ser uma associação particular, que, numa sociedade...

Casado: "A ética marca-a lei"

Ás vezes um se pergunta por que os políticos não se autocontrolam um pouco mais e se cingem a falar de aquilo do que conhecem em vez de falar do divino e do humano sem pudor de nenhuma classe. É claro que um político pode pensar e manifestar o que queira, mas outra cousa distinta é pontificar sobre questões nas que...

Um 25 de julho em Compostela

Cada vinte e cinco de julho repete-se o mesmo esquema de celebração em Santiago de Compostela. Por uma parte uma celebração religiosa, de caráter muito formal, à que acodem as autoridades políticas e religiosas mais elevadas, e na que se lhe faz uma oferenda ao apóstolo na que lhe expõem os principais problemas...

Uma monarquia que esmorece

Alá polo ano 1966 intentava eu convencer a um estudante basco que a instauração da monarquia era uma alternativa muito desafortunada, historicamente fracassada e que custaria muito tempo e esforços em poder derrocá-la. Ele pola sua parte intentava convencer-me que o importante era instaurar um sistema democrático e...

Outra moção de censura fracassada?

A passada sexta feira, 25/05/2018, o PSOE apresentou uma moção de censura contra Mariano Rajoy a raiz da condena deste partido polo caso Gürtel, que contabiliza a quarta do período democrático. Esta moção pode sair adiante com o apoio de Podemos e os nacionalistas ou com o apoio de Podemos e C’s. Um...

Parabéns a Puigdemont

A solução do problema catalão não é um assunto que lhe concerne somente ao povo catalão, senão também aos demais povos integrados no Estado espanhol, fundamentalmente os bascos e galegos. Parece evidente que, com a judicialização da política, não se pretende castigar só uns determinados factos concretos dos...

Proibição da leitura e traduções vernáculas da Bíblia (III)

Na época do Renascimento se produz, por uma parte, a renovação das ciências naturais e humanas, fruto, no caso destas últimas, do novo humanismo que vai substituir o teocentrismo medieval. Surge também o movimento de reforma da espiritualidade que vai afetar o cristianismo. A Igreja responde perante a nova situação...

Justiça de alpargatas

Quando falamos de justiça de alpargatas aludimos a uma justiça de andar por casa, e que nenhuma pessoa que respeite as convenções sociais poria quando acode a atos de sociedade, neste caso concreto, quando acode a instâncias penais internacionais. Referimo-nos às instâncias judiciais que estão relacionadas com o...

A misoginia no Antigo Testamento

O cristianismo, judaísmo e islamismo são religiões profundamente desigualitária, como o demonstra ainda nos nossos dias a proibição por parte da Igreja católica de que a mulher possa ocupar as altas magistraturas na Igreja. Esta misoginia tem o seu alicerce...

Lições do processo catalão

Para compreender o bofetão que os unionistas lhe propinaram à reja personalidade política, socioeconômica e cultural que constitui o povo catalão, cumpre ter presente a situação política de que se parte. Na transição de 1978, da que tanto...

Proibição de leitura e traduções vernáculas da Bíblia (I)

Não saber mais do que convém   Faz uns dias topei-me polas ruas da velha Compostela um ilustre teólogo que me perguntou que fazia. Respondi-lhe que terminara um novo livro também sobre o cristianismo. Perguntou-me o título e disse-lhe que não ia gostar; que...

Eu clamo polo 155 bis

O dia 21/10/2017 o tripartido formado polo PP, PSOE e C’s vai ativar o artigo 155 da CE que lhe permite ao Governo de Espanha obrigar a uma comunidade autônoma a cumprir as obrigações que a constituição ou outras leis lhe impõem ou a não atuar de forma que...

A onde te levam, Catalunha!

Os cidadãos de Catalunya estão a experimentar em carne viva o autoritarismo e a cegueira dum governo que primeiro anula a sua legislação própria, amparando-se num Tribunal Constitucional amigo, nomeado polos partidos unionistas PP e PSOE, que dita sentenças ao seu...

A religião e os atentados terroristas

Depois de cada atentado os políticos reiteram uma e outra vez que é um problema de terroristas e não da religião em si, com objeto de evitar uma guerra de religiões e o ódio contra os que a praticam, propósito sem dúvida louvável, ainda que não...

Protestas anti-turismo

Nos nossos dias estão a produzir-se, como novidade, uma série de manifestações em contra do turismo, seguidas duma enfiada de declarações de repulsa dos poderes públicos, e cumpre analisar as suas causas e a sua pertinência.    São...

"En Marea" mareada

Rodeio com aspas o nome deste partido para sublinhar que considero que não é um nome galego autêntico, senão um galego deturpado que comumente se chama castrapo, o qual não é outra cousa que uma mistura de expressões galegas com castelhanas. É uma pena que...

Legalidade do referendo catalão

Em contraposição com os direitos individuais, entendidos como direitos formais, que lograram abrir-se passo com muita mais facilidade, os direitos coletivos topam muita resistência por parte dos Estados que, amparando-se num suposto perigo de instabilidade política, pretendem homogeneizar...

“República e ruptura”

Anova vem de propor como lema para o Dia da Pátria Galega «República e Ruptura», no que se observa que não há nenhuma referência clara direta e parece que tampouco indireta a Galiza nem à Pátria Galega. Todo indica que quando falam de república...

Nação e plurinacionalidade 

A plurinacionalidade vem sendo defendida habitualmente por Podemos e ultimamente também foi assumida polo PSOE, polo menos nominalmente, no seu Congresso de junho de 2017, mas existe uma diferença importante entre as duas propostas. O PSOE fala de aperfeiçoar o reconhecimento do caráter...