aline-francao
“O galego continua a ser a mesma língua que eu falo”
Aline Fraçao

“O galego continua a ser a mesma língua que eu falo”

A cantora e compositora angolana Aline Frazão (Luanda, 1988) voltou à Galiza para apresentar seu novo disco, Dentro da chuva, um projeto que nasce da força do essencial, da pureza, do minimalismo:só voz e violão. Frazão esteve em concerto na quinta-feira 25 de abril em Compostela, na Sala Capitol, o sábado 27 em Ponteareas, no Auditório Municipal e o domingo 28 de abril na Corunha, no Garufa. Desde Lisboa, através de um fio que a une à Galiza, tivemos o prazer de conversar com Aline Frazão sobre o seu último trabalho discográfico, sobre a importância da palavra despida, da poesia e do silêncio num mundo cada vez mais ruidoso. Eis un extracto da entrevista publicada no número 344 do semanario Sermos Galiza en papel.