portugal
Portugal quere subir 6% o salario mínimo
SMI

Portugal quere subir 6% o salario mínimo

O Goberno de Portugal anunciou o seu plan de aumentar 6% o salario mínimo nacional para 2020, co que quedaría en 635 euros mensuais en 14 pagas. O sindicalismo cualifica de insuficiente a suba e alerta de que as empresas están a xeneralizar os contratos remunerados co soldo mínimo.

Cinco poetas galegas na outra banda do Miño
Acto de Positivas en Vila Nova da Cerveira o 26 de outubro

Cinco poetas galegas na outra banda do Miño

Unha expedición de poetas galegas cruzará o vindeiro 26 de outubro o río Miño. Trátase de Arancha Nogueira, Eduardo Estévez, Xabier Xil Xardón, Quico e Raúl Gómez Pato. Lerán a súa obra na libraría Porta XIII, de Vila Nova da Cerveira.
As orixes galegas de Luís Camões

As orixes galegas de Luís Camões

É fillo do exilio galego do século XIV. Descendente dun daqueles cincocentos rebeldes que, por loitar contra Castela, se viu na obriga de refuxiarse en Portugal.
Non haberá 'geringonça' 2.0 en Portugal
Negociacións

Non haberá 'geringonça' 2.0 en Portugal

Despois de se reunir durante esta semana cos partidos de esquerda e co ecoloxista PAN, o Partido Socialista portugués resolveu non reeditar os acordos de 2015 e António Costa gobernará en minoría con apoios puntuais.

Clarescuros da 'geringonça'
Eleccións en Portugal o 6 de outubro

Clarescuros da 'geringonça'

Logo dun progresivo avance na conquista de benestar económico e de dereitos sociais, o Goberno portugués afronta o seu peor momento xusto ás portas das eleccións lexislativas deste domingo, 6 de outubro.

Acadará o Partido Socialista a maioría en Portugal?
ANÁLISE

Acadará o Partido Socialista a maioría en Portugal?

A maior incógnita nas vindeiras eleccións á Asemblea da República en Portugal, o 6 de outubro, é se o Partido Socialista (PS) vai acadar maioría absoluta ou non, xa que as enquisas o colocan moi perto de conseguilo. Aínda que dúas semanas é moito tempo en períodos de conxuntura como o actual, é dicir, onde o vello se resiste a morrer e a nova etapa na orde mundial non termina por marcar definitivamente os seus aspectos determinantes. Unha conxuntura marcada pola crise ambiental e do sistema socioeconómico, a confrontación entre potencias, o Brexit, a débeda soberana, a precariedade e a desigualdade en ascenso. Eis un extracto da análise, publicada no número 365 do semanario en papel Sermos Galiza.
Por unha ponte entre o teatro galego e o portugués
Xornada no Consello da Cultura o 1 de outubro

Por unha ponte entre o teatro galego e o portugués

A construción de pontes entre as escenas galega e portuguesa é o obxectivo explícito da xornada Dramaturxias itinerantes/Dramaturgias itinerantes, que decorrerá esta terza feira, 1 de outubro ás seis e media da tarde, no Consello da Cultura Galega en Compostela.
Europeos no Tíbet

Europeos no Tíbet

Até comezos do século XVII os europeos non tiveron aceso ao Tíbet. Foron misionarios portugueses os que chegaran por vez primeira a aquelas terras, partindo da misión de Goa.

Antonio de Monserrat, catalán de orixe mais formado cos...

Volta a Festa do Avante chea de solidariedade e internacionalismo
Música, debates e festa

Volta a Festa do Avante chea de solidariedade e internacionalismo

Portugal prepárase para vivir tres días que, como cada ano, enchen a primeira fin de semana de setembro de música, debates e solidariedade. A Festa do Avante, organizada polo Partido Comunista Portugués, congregará milleiros de asistentes chegados desde Portugal e a Galiza, así como de numerosos países do mundo.

Portugal rexistra 18 asasinatos machistas no que vai de ano
Esixen implementar medidas transversais

Portugal rexistra 18 asasinatos machistas no que vai de ano

Otília Castro é a última vítima por feminicidio en Portugal. O seu compañeiro asasinouna o pasado domingo en Famalicão após ela ter apresentado denuncias por violencia machista. Van xa 18 feminicidios no que vai de ano. En 2018 rexistrouse un total de 28, oito máis que en 2017.

O direito de greve perde a batalha nos protestos do setor dos combustíveis em Portugal

O direito de greve perde a batalha nos protestos do setor dos combustíveis em Portugal

Triunfou a linha dura adotada pelo Governo António Costa e, após sete dias de mobilizações, os trabalhadores que transportam combustíveis em Portugal acabaram por pôr fim à sua greve. Numa entrevista em Expresso, o primeiro ministro do PS chegou a defender que no limite não haja qualquer distinção entre os serviços mínimos e uma situação de total normalidade. Público.Pt, meio próximo ao partido no poder, editorializou esta segunda feira que "a principal vítima de todo este processo foi o direito à greve".
Governo acusa 14 motoristas de cometerem um crime ao não fazerem os serviços mínimos

Governo acusa 14 motoristas de cometerem um crime ao não fazerem os serviços mínimos

Não atender a requisição civil —a obriga de os condutores fazerem os serviços mínimos quando estes não estavam a serem cobertos—poderia vir a envolver penas de prisão para trabalhadores, alertou o Governo de António Costa. Porta-voz da greve; Pedro Pardal Henriques, anunciou que esta quarta feira não se vão cobrir os mínimos em solidariedade com os 14 motoristas que receberam já notificações da administração por não terem satisfeito os requerimentos feitos pelo executivo.
Costa faz uso do Exército para garantir o abastecimento dos combustíveis

Costa faz uso do Exército para garantir o abastecimento dos combustíveis

Uma requisição civil parcial, isto é, a movimentação de efetivos das forças armadas para garantir o transporte do gás, bem como o abastecimento de combustíveis no sul do país e no aeroporto de Lisboa. Essa foi a decisão que adotou esta segunda feira o Governo de António Costa (PS), que alegou dar este passo por pretensos incumprimentos dos serviços mínimos. Sindicatos. Bloco de Esquerda e Partido Comunista Português vêem danado o direito de greve.
A luta por um salário base de 900 euros, na origem da greve do transporte de combustíveis
Crise energética em Portugal

A luta por um salário base de 900 euros, na origem da greve do transporte de combustíveis

Motoristas que transportam gasolina, gás natural ou gasóleo denúnciam como abusivos os serviços mínimos decretados pelo Governo de António Costa, que abalam segundo os casos entre 50% e 100%. A greve declarada hoje é indefinida até a patronal respeitar os acordos salariais alcançados em Maio. A mobilização tem o apoio do Bloco de Esquerda e o PCP, nas vésperas das eleições legislativas de outubro.
A EN2 portuguesa, un festín para as persoas viaxeiras

A EN2 portuguesa, un festín para as persoas viaxeiras

Non fai falta ir aos EUA para experimentar a épica das estradas de costa a costa ou as rutas que serían cantadas polos Stones. Temos ben pertiño de nós a EN2, 738 quilómetros que unen Chaves e Faro, o norte e o sul de Portugal. A columna vertebral do país viciño. Unha viaxe que descobre todo un fresco do Portugal interior. Un festín especialmente apetitoso para persoas viaxeiras en xeral e para o colectivo moteiro en particular. Unha alternativa cada día máis popular que sumar ás lendarias Route 66 norteamericana e Ruta 40 arxentina.
Escândalo em Portugal pela compra de material não ignífugo na luta anti-incêndios
A adquisição foi feita a empresas próximas ao PS

Escândalo em Portugal pela compra de material não ignífugo na luta anti-incêndios

Golas [panos que cobrem a boca] de poliéster, material inflamável, foram compradas por Proteção Civil a empresas próximas a dirigentes do Partido Socialista. O escândalo, revelado pelo jornal Público, já se saldou com primeira vítima política, a de Francisco Ferreira, adjunto à Secretaria de Estado de Proteção Civil.
O PS, já muito perto da maioria absoluta

O PS, já muito perto da maioria absoluta

Quem lhe pode tirar mais proveito ao governo da gerigonça é o Partido Socialista de António Costa. Assim o indicam os últimos inquéritos. A sondagem mais recente, publicada pelo Jornal das Notícias, coloca o PS à beira da maioria absoluta. As eleições legislativas terão lugar o vindouro mês de outubro.
O PS continua a negociar coa direita as alterações ao Código do Trabalho

O PS continua a negociar coa direita as alterações ao Código do Trabalho

O governo da gerigonça —a colaboração entre o PS de António Costa com a esquerda de raiz marxista— tem uma excepção não pequena: a reforma do Código do Trabalho. Nela o PS está a negociar coas formações da direita —PDS e CDS-PP— a rejeitarem as propostas vindas das bancadas do Bloco de Esquerda e o PCP.

Portugal pedala

Portugal pedala

Estratégia Nacional para a Mobilidade Activa impulsado polo governo quer mais bicicletas nas ruas, mais ciclovias, menos accidentes.

A Serra d’Arga excluída da prospeção de lítio

A Serra d’Arga excluída da prospeção de lítio

O presidente socialista da Câmara de Caminha, Miguel Alves, disse em conversa com a LUSA que “a retirada da Serra d’Arga das áreas de prospeção de lítio é uma boa notícia” para aquele município e para todo o Alto Minho

Ampliando lazos Galiza‑Portugal

Ampliando lazos Galiza‑Portugal

A fronteira administrativa da raia e a teima política de pechar durante séculos Galiza a Portugal supuxo un lastre para o noso país a nivel de desenvolvemento cultural, económico e social. Conscientes na actualidade de todo o que se perdeu por non aproveitar as potencialidades que nos conectan co país irmán, desde algunhas administracións impúlsanse proxectos de cooperación transfronteiriza cuxos resultados están a mellorar a calidade de vida das persoas e a xerar riqueza en ambas as dúas beiras do Miño. Eis un extracto da información publicada ao respecto no número 352 do semanario en papel Sermos Galiza.

A nova casa de Manoel de Oliveira
Em Serralves e com projeto de Álvaro de Siza

A nova casa de Manoel de Oliveira

No próximo 24 de junho inaugura casa Manoel de Oliveira, a Casa do Cinema, sob um projecto do Arquiteto Álvaro Siza Vieira.

RAG e Camões anuncian vías de colaboración permanente
Lingua

RAG e Camões anuncian vías de colaboración permanente

Os presidentes da Real Academia Galega e o do Camões Instituto da Cooperação e da Língua acordaron explorar vías de colaboración permanente e avanzaron a posibilidade de celebrar na Galiza un encontro centrado "nas literaturas galega e de expresión en lingua portuguesa".

José Afonso “patrimonio de inestimábel e inexcedíbel grandeza”
Petición para declarar a súa obra de “interese nacional” portugués

José Afonso “patrimonio de inestimábel e inexcedíbel grandeza”

A Associação José Afonso vén de promover unha petición, enderezada á ministra de cultura Graça Fonseca e con copia ao presidente da Asemblea da República Eduardo Ferro Rodrigues e mais aos partidos políticos con representación na mesma, para declarar a obra de José Afonso “de interese nacional portugués”. Na altura do 19 de xuño eran case 10.000 persoas as que asinaran a iniciativa.

Vila Nova da Cerveira também contra o lítio
Quando ainda está na lembrança a exploração de volfrâmio

Vila Nova da Cerveira também contra o lítio

Na passada semana foi a Câmara Municipal de Viana do Castelo que manifestou, através do seu Presidente, a intenção de “criar muitas dificuldades, tudo o que a lei nos permitir" para a possível exploração de lítio na Serra D'Arga. Agora é a Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira. 

Cantar Grândola contra a mineração do lítio
Portugal é o quinto maior produtor mundial de lítio

Cantar Grândola contra a mineração do lítio

A “Grândola, Vila Morena”, a canção escrita por Zeca Afonso e que foi uma das senhas da revolução de Abril, foi usada no passado dia nove como “grito de revolta” contra a mina de lítio que pode nascer na freguesia do distrito de Vila Real. Foi durante a cerimónia de abertura do Castelo de Montalegre.

 

 

Morre aos 96 anos a “indómita” escritora portuguesa Agustina Bessa-Luís

Morre aos 96 anos a “indómita” escritora portuguesa Agustina Bessa-Luís

“Indómita”, “rebelde”, “perversa”, “insolente” son algúns dos adxectivos escollidos pola prensa portuguesa para retratar a escritora Agustina Bessa-Luís, vulto ineludíbel da literatura do país que morreu esta segunda feira, 3 de xuño en Porto, aos 96 anos. A autora da fundamental A Sibila (1953) deixa unha valoradísima obra narrativa.
 

Mesa de voto não abre en Montalegre como protesto contra a mina

Mesa de voto não abre en Montalegre como protesto contra a mina

Finalmente a mesa de voto abriu. Passava das 10 horas mas, para além dos votos, resta a intenção da Associação Montalegre com Vida: “Estamos a fazer um voto de protesto, ou seja, recusamos votar porque não concordamos com aquilo que o nosso Governo está a fazer com a nossa terra. Se é este tipo de desenvolvimento que eles querem para o Interior, nós não concordamos”

O Minho, alvo da minaria do lítio

O Minho, alvo da minaria do lítio

Braga, Barcelos, Vila Verde, Melgaço, Monção, Arcos de Valdevez, Vieira do Minho, Cabeceiras de Bastos e Fafe são concelhos dos distritos de Braga e Viana do Castelo. Os nove são objetivo da mineira Fortescue Metal Group para a exploração de lítio, elemento com valor à alça na indústria do automóvel.

Reviver Bracara Augusta

Reviver Bracara Augusta

Braga é das mais antigas cidades portuguesas. Fundada no tempo dos romanos como Bracara Augusta, conta com mais de 2000 anos de História como cidade. No decurso do século II a.C., a região foi tomada pelos Romanos que edificaram a cidade no ano 16 a.C., com a designação de Bracara Augusta, em homenagem ao Imperador César Augusto. Compartiu, junto com Lucus Augusti, fundada em 25 a.C., a capitalidade da Gallaecia

Portugal homenaxea os presos políticos en Peniche
Con motivo do 25 de abril

Portugal homenaxea os presos políticos en Peniche

António Costa, primeiro-ministro de Portugal, e Domingos Abrantes, ex preso político en Peniche e membro do Consello de Estado, participaron na inauguración dun memorial que lembra os presos políticos do Forte de Peniche.

Abril, a revolução do futuro

Abril, a revolução do futuro

Quando às 00h20 da madrugada de 25 de abril de 1974 soou na rádio a canção Grândola, Vila Morena, boa parte dos portugueses dormia e não imaginava sequer que era aquela a última noite da mais longa ditadura da Europa. Sobretudo, quando no mês anterior um grupo de militares se havia insurgido nas Caldas da Rainha contra o regime e fora derrotado sem grande dificuldade. Eis un extracto da reportagem publicada no número 343 do semanario em papel Sermos Galiza.

A cineasta Rita Azevedo presenta 'A portuguesa' en Compostela
Filme baseado nun relato de Robert Musil

A cineasta Rita Azevedo presenta 'A portuguesa' en Compostela

Os últimos filmes de Rita Azevedo Gomes (Lisboa, 1952) atópanse entre os máis recoñecidos pola crítica internacional dentro do internacionalmente recoñecido cinema portugués recente. A portuguesa titúlase o último, baseado nun relato do escritor austríaco Robert Musil e que esta sexta feira, 26 de abril, estréase en Compostela, Vigo, Ferrol e Lugo.